Diálise em casa

Dicas sobre o que fazer quando está em casa

Para reduzir o risco de infeção com Coronavírus, recomendamos que todos os doentes permaneçam em casa nos dias em que não efetuam diálise. Durante este período de isolamento em casa é importante manter o corpo e a mente ocupados.

Mantenha as suas rotinas habituais mas evite atividades fora de casa. Em alternativa, encontre atividades construtivas que possa fazer em casa, jardim ou varanda que o mantenham ocupado e lhe proporcionem um sentimento de realização. Certamente encontrará algo para fazer, como arrumar a cave, terminar álbuns de fotografias, jardinagem ou trabalhos manuais. Este é o momento perfeito para iniciar um novo passatempo. Para relaxar, poderá também ler alguns livros interessantes ou fazer palavras-cruzadas.

Deverá também utilizar as redes sociais para se manter em contacto com amigos e familiares. Mobilize a sua comunidade nas redes sociais, para que todos proporcionem companhia e apoio à distância com telefonemas regulares para partilharem experiências e sentimentos. Converse com a maior frequência possível para compensar a ausência do contacto cara a cara.

Exercício físico em casa

Exercícios simples e ginástica influenciarão positivamente o seu estado geral, como a melhoria da digestão e do sono, níveis de colesterol mais baixos e uma redução do risco de doença cardíaca.

Exercícios de intensidade moderada podem reforçar o sistema imunitário. Contudo, exercícios de elevada intensidade podem suprimir a função imunitária, especialmente caso não pratique exercício com regularidade. Não há dados científicos quanto aos efeitos do exercício na resposta imunitária à infeção por Coronavírus. Consulte o seu médico antes de iniciar exercícios, com vista a definir o que será mais adequado para si.

Algumas ideias par atividades físicas:

  • Percorrer o seu apartamento, casa ou jardim, bem como jogging sem sair do lugar
  • Subir e descer escadas
  • Alongamentos e ginástica como elevação de pernas, bicicleta com os braços e rotação do tronco

Caso apresente quaisquer sintomas (febre, tosse, dificuldades respiratórias) interrompa a atividade física e contacte um profissional de saúde.

Conselhos sobre nutrição e compras

Seja rigoroso com a sua alimentação.

Devido às medidas de prevenção do Coronavírus nos centros de diálise, é possível que a sua rotina de tratamento sofra alterações. Assim, é fundamental que se mantenha disciplinado em relação à sua alimentação e ao consumo de fluidos, potássio e fósforo. Disponibilizamos-lhe algumas recomendações para gerir a sua nutrição em casa.

 

Orientações sobre compras

Para reduzir o risco de infeção, caso possível, deverá evitar fazer as suas compras. Peça ajuda aos seus amigos ou familiares ou escolha um serviço de entrega. Não negligencie a sua alimentação e siga as recomendações que lhe foram transmitidas pelo seu médico ou nutricionista. Contudo, há alguns pontos a ter em consideração:

  • Planeie adequadamente e anote a lista de compras para que nada fique esquecido
  • Certifique-se de que dispõe de mantimentos suficientes para 14 dias.
  • Compre alimentos enlatados ou com prazos de validade alargados, evitando alimentos processados.
  • Tenha cuidado com alimentos de longa duração, tais como feijões ou ervilhas, visto serem ricos em fósforo e potássio. Consuma de forma moderada e não com muita antecedência em relação aos tratamentos
     

No caso de receber alimentos entregues em casa, evite o contacto direto com a pessoa que efetua a entrega. Mantenha uma distância adequada e evite cumprimentos através de contacto direto. Após receber os alimentos, remova-os das embalagens e elimine-as. Deverá lavar as mãos com sabão e água durante, pelo menos, 20 segundos antes de tocar nos seus alimentos
 

Recomendações quanto à lista de compras

  • Legumes: compre tanto crus como congelados
  • Hidratos de carbono: arroz, massa, pão (para congelar) não deverão faltar na sua lista de compras
  • Carne e peixe: se optar por comprar carne e peixe frescos, congele uma parte e consuma os alimentos frescos nos dias seguintes
  • Fruta: a fruta é perecível. Compre fruta fresca (e não madura), evite frutos com elevada concentração de potássio, como bananas e kiwis e armazene fruta enlatada (sempre em sumo, evite calda)
  • Ovos: não deverão faltar na sua despensa. Se os armazenar no frigorífico poderão durar mais tempo.
  • Laticínios: compre leite de longa duração. Entre os laticínios, a melhor opção é o queijo curado

 

Manuseamento de alimentos

Não existem dados científicos que comprovem que os alimentos poderão ser uma fonte de transmissão de Coronavírus (Autoridade Europeia para a Segurança dos Alimentos, EFSA). Poderá continuar a comprar e a consumir os mesmos alimentos que consumia anteriormente.
 

  • Contudo, recomendamos a aplicação de medidas de higiene rígidas, especialmente no manuseamento de alimentos crus.
  • Lave cuidadosamente os alimentos, as mãos, as superfícies da cozinha e os utensílios, como facas e tábuas de corte, com água quente e sabão durante a preparação dos alimentos
  • Utilize utensílios, como facas e tábuas de corte, diferentes para alimentos crus e alimentos cozinhados
  • Cozinhar ou aquecer os alimentos poderá ser uma medida adicional de segurança, visto o vírus ser sensível ao calor
  • Armazene alimentos frescos e perecíveis no frigorífico para durarem mais tempo
  • Utilize devidamente o seu congelador para preservar alguns alimentos durante mais tempo

Consulte novamente os materiais online da NephroCare sobre nutrição, onde poderá encontrar receitas e informações úteis:

Clique aqui para ver todos os materiais de nutrição da NephroCare com informações e receitas úteis

Gerir as emoções

Numa situação de isolamento em casa é possível ser confrontado com emoções conflituosas ou negativas. É importante permanecer atento a quaisquer emoções negativas, como stress, solidão, frustração ou ansiedade. A sua saúde psicológica é fundamental para o seu bem-estar geral, portanto, efetue uma gestão adequada das emoções:

  • Em vez de pensar demasiado, mantenha a sua mente ocupada com atividades em casa
  • Permaneça focado e cuide da sua saúde mental e física
  • Tente ver oportunidades onde os outros veem problemas
  • Permaneça sempre otimista e mantenha uma atitude positiva
  • Expresse e partilhe também a sua atitude positiva quando fala com outras pessoas
  • Mantenha-se em contacto com amigos e familiares através de telefone ou das redes sociais
  • Filtre a quantidade e a qualidade das informações que absorve
  • Não tenha em consideração nem circule informações que não tenham sido confirmadas pelas autoridades de saúde locais

Tenha cuidado com a possibilidade de comer ou beber em excesso devido à fome emocional e aos desejos.

Não se deixe enganar pelas suas emoções e diferencie entre a fome real e fisiológica e a fome emocional. Coma apenas quando sentir fome e necessidade física, e pare de comer quando se sentir cheio.

Caso as suas emoções negativas sejam demasiado fortes e já não consiga gerir as emoções, obtenha aconselhamento médico.

Se vive com outros elementos da família e um deles apresenta sintomas

  • Fique em casa e monitorize os seus sintomas.
  • Informe a equipa da clínica e as autoridades de saúde
  • Lave as mãos frequentemente (> 20 seg.) ou desinfete
  • Pessoas com sintomas devem ficar, tanto quanto possível, em divisões separadas da casa (quarto e casa de banho individuais)
  • Limpe todas as superfícies regularmente com produtos de limpeza doméstica e evite partilhar objetos pessoais, pratos, toalhas ou roupas de cama

Dicas para o isolamento em casa

  • Se possível, o isolamento deverá ser efetuado numa única divisão, que possua boa ventilação.
  • O objetivo é minimizar o contacto com outros elementos da família e limitar a contaminação das superfícies de casa
  • Caso disponha de várias casas de banho, uma delas deverá ser dedicada ao doente
  • No caso de uma casa de banho partilhada, deverão ser aplicadas rígidas medidas de higiene
  • Mantenha uma distância de segurança superior a 1,5 metros
  • Deverá evitar qualquer contacto com pessoas vulneráveis (grávidas, pessoas com doenças crónicas, idosos, etc.).
  • Determinadas superfícies são potenciais fontes de contaminação, pelo que deverão ser desinfetadas com regularidade (smartphone, puxadores de portas, manípulos de janelas, etc.)

Lavagem de vestuário e roupa de cama

  • Sempre que possível, o doente deverá desempenhar estas atividades por si mesmo
  • Não sacuda o vestuário e a roupa de cama
  • Transporte o vestuário e a roupa de cama diretamente para a máquina de lavar, sem os pousar ao longo do percurso.
  • As roupas de cama de um doente infetado com Coronavírus devem ser lavadas numa máquina de lavar utilizando um programa a 60 °C durante 30 minutos, no mínimo (ou à temperatura mais elevada possível de acordo com o tecido)

Instruções para a limpeza do chão

  • Não utilize aspiradores, visto gerarem aerossóis
  • Limpe o chão e as superfícies, preferencialmente, com um pano de limpeza de utilização única impregnado com um produto detergente, enxague com água limpa utilizando outro pano de limpeza de utilização única e deixe secar.
  • Caso opte por um pano reutilizável, lave-o usando um programa a 60 °C durante 30 minutos, no mínimo (ou à temperatura mais elevada possível de acordo com o tecido)
  • De seguida, desinfete o chão e as superfícies com uma solução de cloro ativo a 0,5% (1 litro de lixívia a 2,6% + 4 litros de água)