Atualização sobre o COVID-19

Importante | Atualização sobre o COVID-19

Para a Fresenius Medical Care, a saúde e a segurança dos doentes, colaboradores e parceiros é a nossa principal prioridade. Estamos a acompanhar de perto e a monitorizar forma contínua a situação, por forma a garantir que as nossas práticas são as mais adequadas e apropriadas perante a atual evolução dos acontecimentos.

Na nossa atividade cuidamos de alguns dos doentes mais vulneráveis do sector da saúde, estamos atentos a esta fragilidade e à necessidade de maior proteção, para tal redefinimos as nossas práticas de higiene e controlo de infeção, criámos uma task force para acompanhar os desenvolvimentos da situação, rever e implementar todas as medidas necessárias e estamos em contato permanente com as autoridades de saúde, seguindo rigorosamente as suas orientações.

Implementámos planos de contingência em relação ao COVID-19 nas nossas clínicas de diálise e nos serviços de suporte, nomeadamente a assistência técnica e a distribuição de produtos e mantemos um diálogo contínuo com as nossas equipas e com as autoridades de saúde.

Conscientes da dependência que os doentes em diálise têm dos nossos serviços, reforçámos as nossas medidas de precaução a longo prazo e de modo a que os nossos planos de contingência garantam aos nossos doentes a manutenção dos cuidados de diálise, conforme necessário, mesmo numa epidemia em larga escala.

Também tomámos precauções no que respeita à segurança dos nossos colaboradores. As nossas equipas clínicas são especialistas em práticas de higiene e controlo de infeção. Adicionalmente desenvolvemos planos de contingência para a nossa sede e escritórios centrais em caso de agravamento da situação. Emitimos também diretivas claras no que respeita a restrições de viagens e deslocações, cancelámos todas as reuniões e eventos que envolvesse um maior número de pessoas e todos os eventos agendados foram adiados ou convertidos em reuniões virtuais.

Dado o facto de os doentes em diálise geralmente serem mais expostos às graves consequências das doenças respiratórias, como medida de precaução solicitámos aos nossos doentes em diálise que limitassem ao máximo as suas deslocações, tanto dentro como para fora do país, durante a epidemia de COVID-19. Para proteger os nossos doentes e as nossas equipas, decidimos suspender temporariamente o programa de diálise em férias e o programa de exercício físico. No caso do programa de diálise em férias, esta situação significa que atualmente não aceitamos novos doentes em férias (nacionais e internacionais) para tratamento nas nossas clínicas.

Contamos com a colaboração de todos, em relação à responsabilidade individual, para em conjunto superarmos este período complexo.

Contamos consigo, conte connosco.

Esteja atento e proteja-se. Faça download do nosso folheto Coronavírus e a Doença Renal.

Clique aqui para localizar as nossas unidades de diálise. Para mais esclarecimentos contacte diretamente a sua clínica de diálise.

Para dúvidas e questões, envie um e-mail para: fmcportugal@fmc-ag.com

Informações importantes sobre o COVID-19 para os nossos pacientes

Disponibilizamos algumas informações importantes para si.

Neste momento e também num futuro próximo, poderá observar alterações no unidade de diálise. Os nossos centros de diálise vão permanecer abertos durante a pandemia, a nossa cadeia de abastecimento de produtos é estável. Temos equipas especializadas na área do controlo de infeção. Com base no seu historial clínico e nos seus sintomas, a equipa da clínica pode alterar a sua rotina habitual. Por favor cumpra.

Se tiver alguma dúvida, incerteza ou se algum membro da sua família ou pessoas à sua volta estiverem em contato com o vírus, fale com a nossa equipa clínica.

COVID-19

O novo Coronavírus designado SARS-CoV-2 é uma nova variante de vírus da família Coronavírus, que está a afetar o mundo inteiro. Este vírus, causa doenças respiratórias, que podem ir de leves ou moderadas, desde semelhantes a uma constipação a doenças mais graves como a Síndrome Respiratória Aguda Grave. No entanto, a maioria das pessoas recupera da doença sem necessidade de tratamento especial. A doença é transmitida através das gotículas expelidas quando tossimos ou espirramos, ou ao tocarmos em superfícies infetadas pelo vírus com as mãos e a seguir ter contacto com os olhos, nariz ou boca, com as mãos contaminadas.

É tempo de colocarmos o nosso foco na prevenção.

Caso tenha alguma questão ou dúvida fale com a equipa da clínica ou ligue para a linha SNS 24 - 808 24 24 24.

Sintomas

Os sintomas do Coronavírus são semelhantes aos de uma constipação ou uma gripe.

Esteja atento aos seguintes sintomas:

  • Febre
  • Tosse
  • Dificuldade em respirar

Se tiver estes sintomas, por favor contacte telefonicamente, de imediato, a sua unidade de diálise e solicite orientação.

Pratique a Prevenção

Recomendamos as seguintes medidas de prevenção nas suas rotinas diárias:

Lave as mãos com água e sabão, pelo menos durante 20 segundos

As infeções são transmitidas principalmente através de pequenas gotículas expelidas pelo nariz ou boca de uma pessoa positiva de COVID-19. Recomendamos as seguintes medidas de prevenção nas suas rotinas diárias:

  • Depois de ir ao WC
  • Depois de assoar o nariz, tossir ou espirrar
  • Antes e depois das refeições
  • Depois de utilizar os transportes públicos
  • Depois de estar em locais públicos
  • Antes e depois de tirar a máscara

Pode imprimir este poster para si e para os seus familiares.

Como desinfetar as mãos corretamente

Duração de todo o processo: 40 segundos (tempo de fricção 20 – 30 segundos, 10 segundos para permitir a secagem do produto)

Step by step:

  • Aplique uma mão cheia do produto na mão, em forma de concha, de forma a cobrir toda a superfície
  • Esfregue as palmas das mãos uma na outra
  • A palma da mão direita sobre as costas da mão esquerda, com os dedos entrelaçados e vice versa
  • Palma com palma com os dedos entrelaçados
  • Costas dos dedos encaixados na palma da mão oposta
  • Segure com a mão direita o polegar esquerdo e friccione com movimentos rotativos, e vice-versa
  • Junte os dedos da mão direita e friccione-os com movimentos rotativos, no sentido horário e retrogrado, na palma da mão esquerda, e vice-versa
  • E as suas mãos estão seguras

Pode imprimir este poster para si e para os seus familiares.

Evite a propagação do vírus

  • Cubra o nariz e a boca com um lenço ou com o braço refletido (não com o braço da fístula) sempre que tossir ou espirrar
  • Coloque os lenços usados imediatamente no lixo
  • Desinfete regularmente as mãos e os braços
  • Evite tocar nos olhos, nariz e boca diretamente
  • Evite contacto físico através de cumprimentos
  • Mantenha-se pelo menos a um metro de distância das outras pessoas
  • Evite espaços fechados e aglomerados de pessoas

Utilização de máscara

Como barreira física, as máscaras ajudam a evitar que essas gotículas passem para superfícies ou pessoas. Esta barreira física também pode ajudar a impedir as gotículas de alcançarem os pulmões. Para sua proteção é crucial que a máscara seja colocada corretamente.

Mesmo que a população em geral não esteja atualmente aconselhada a usar máscara, recomenda-se que os doentes em diálise utilizem esta proteção adicional, quando estão em público.

Quando utilizar Máscara:

  • Em geral, sempre que utilizar transportes públicos (autocarros, metro e outros transportes coletivos) ou se estiver num espaço público
  • Durante o seu transporte de e para o centro de diálise
  • Se instruído pela equipa da clínica, use a máscara durante a sua estadia no centro de diálise, inclusive durante o seu tratamento
  • Se partilha a casa com familiares e um dos elementos apresenta sintomas respiratórios

Os colaboradores da unidade poderão utilizar equipamentos de proteção individual adicionais, não se preocupe, estes são apenas medidas de prevenção.

Se necessário a equipa clínica irá fornecer-lhe uma máscara e mostrar-lhe como usá-la corretamente. Por favor, cuide bem do equipamento que lhe for disponibilizado e siga as instrução da equipa da clínica.

Pode imprimir este poster para si e para os seus familiares.

O que fazer caso tenha sintomas de COVID-19

  • Antes de sair de casa, entre em contato com a clínica de diálise e informe a equipa sobre os seus sintomas. A equipa irá dar-lhe indicações sobre como proceder.
  • Se já estiver na clínica de diálise, não entre na sala de tratamento. Aguarde para ser avaliado pela equipa clínica.
  • Se necessita de cuidados urgentes, entre em contacto de imediato com a linha de emergência SNS24 | 808 24 24  24. Por favor, assim que possível, informe o centro de diálise.
  • Se for aconselhado a deslocar-se até à clínica, será separado dos restantes doentes, por forma a limitar as possibilidades de contágio do vírus. A equipa da clínica utilizará roupas e máscaras protetoras.

Com base nos sintomas, no cenário clínico ou no seu historial médico, a equipa clínica pode mudar sua rotina normal. Por favor cumpra. Para mais informações consulte o nosso folheto

O distanciamento social é importante, porquê?

O coronavírus é transmitido principalmente de pessoa para pessoa. As infeções são transmitidas na maior parte dos casos através de pequenas gotículas expelidas, pelo nariz ou boca, de uma pessoa positiva de COVID-19.

 

Essas gotículas pousam e mantêm-se nos objetos e superfícies ao seu redor. Portanto, é importante que mantenha uma distância de segurança de pelo menos 1,5 metros.

É também importante tomar outras precauções, tais como, lavar as mãos antes e depois de chegar a casa ou à clínica.

Pessoas idosas, doentes em diálise ou portadores de outras doenças crónicas têm um risco acrescido de desenvolver um estado grave de COVID-19.

Portanto, é fundamental que tome precauções para reduzir os riscos de contágio, evitando assim a exposição à doença.

  • Fique em casa nos dias em que não tiver diálise. Se possível, utilize transporte individual para se deslocar para a clínica
  • Em caso de utilização de transportes coletivos (por exemplo: ambulância) desinfete as mãos antes e depois). Proteja-se e si e aos outros
  • Reduza o contacto social e abstenha-se de eventos públicos e privados
  • Não cumprimente as pessoas com um aperto de mão, beijo ou abraço
  • Mantenha uma distância de pelo menos 1,5 metros das outras pessoas
  • Tenha em casa uma reserva de alimentos adequados à sua condição de insuficiente renal. Idealmente, peça a um familiar para o apoiar nas compras necessárias

Se vive com outros elementos da família e um deles apresenta sintomas

  • Fique em casa e monitorize os seus sintomas.
  • Informe a equipa da clínica e as autoridades de saúde
  • Lave as mãos frequentemente (> 20 seg.) ou desinfete
  • Pessoas com sintomas devem ficar, tanto quanto possível, em divisões separadas da casa (quarto e casa de banho individuais)
  • Limpe todas as superfícies regularmente com produtos de limpeza doméstica e evite partilhar objetos pessoais, pratos, toalhas ou roupas de cama

Aviso aos visitantes às clínicas de diálise

Face à atual pandemia de COVID-19, pedimos a sua compreensão para o facto de necessitarmos de restringir a entrada de familiares e cuidadores dos doentes, na nossa clínica de diálise.

Se acompanha um familiar, por favor, evite entrar na clínica de diálise. Se a sua entrada for inevitável, siga as orientações da equipa da clínica.

Não é permitido o acesso à sala de tratamento.

Se acompanha o seu familiar devido a limitações físicas do mesmo, fique descansado, a equipa da clínica está preparada para prestar todo o apoio que o seu familiar necessita.

Regras na sala de espera durante o COVID-19

A nossa equipa clínica é formada em práticas de controlo de infeção. Especialmente durante a pandemia do COVID-19, pedimos que preste muita atenção e siga as nossas recomendações na sala de espera e no centro de diálise para essas circunstâncias.

  • Verificação da temperatura e possíveis sintomas
  • Como medida de precaução, pode ser-lhe solicitado que se separe dos outros doentes. Por favor cumpra
  • Lave/Desinfete as mãos e o braço da fístula, quando chega ao centro de diálise e antes de sair
  • Evite juntar-se com outros doentes junto ao dispensador de sabão/desinfetante
  • A distância física é importante
  • Mantenha a distância enquanto se desloca no centro de diálise
  • Deixe espaço suficiente entre si e os outros doentes, enquanto está sentado na sala de espera
  • Evite deslocações desnecessárias dentro da clínica
  • Evite tocar em superfícies e móveis
  • Espere até ser chamado para o tratamento
  • Cumprimente os outros à distância e evite contacto físico
  • Evite comer e beber no centro de diálise
  • Tenha em atenção que os vírus mantêm-se nos objetos
  • Evite trazer para o centro jornais, tablets, etc.
  • Não partilhe jornais, revistas e similares, nem os deixe para os outros utilizarem.
  • Ao espirrar e tossir, cubra o nariz e a boca com o braço fletido ou com um lenço de papel.

Informações para os Transportadores de Doentes para Hemodiálise COVID-19

Considerações Iniciais

As Precauções Básicas de Controlo de Infeção (PBCI) aplicam-se partindo do princípio que todas as pessoas, e particularmente os doentes transportados, podem constituir um risco de transmissão e nesse sentido, destinam-se a prevenir a transmissão cruzada proveniente de possíveis fontes de infeção.

Os veículos de transportes de doentes não urgentes, por transportarem várias pessoas ao longo de um dia, podem inadvertidamente contribuir para a transmissão indireta do vírus SARS-CoV-2, causador da doença COVID-19. De acordo com a literatura, o vírus pode permanecer ativo em diversas superfícies à temperatura ambiente por longos períodos, desde horas a dias.

Os doentes em programa regular de hemodiálise constituem grupo de risco, pela debilidade ao nível do sistema imunitário decorrente da Doença Renal Crónica.

O cumprimento das PBCI garante a segurança dos doentes, dos profissionais de saúde e de todos os que entram em contacto com os serviços de saúde, pelo que devem ser adotadas por todos.

Para mais informações consulte o nosso documento de suporte.