A NephroCare utiliza cookies no site para melhorar a experiência do utilizador e fornecer o melhor serviço possível. Ao continuar a navegar no site, irá concordar com a sua utilização. Para mais detalhes, consulte a nossa política de privacidade.

Opções de tratamento

O tratamento de pacientes com IRC inclui os seguintes aspetos:

  1. 1.Identificação dos sinais agudos e causas tratáveis de CRF;
  2. Prevenir ou desacelerar a progressão da CRF: Mudança na alimentação, controlo da hipertensão, hiperlipidemia, metabolismo cálcio-fósforo e hiperglicemia;
  3. Tratamento sintomático de complicações: doenças cardiovasculares, doenças metabólicas de água e sódio, hipercalemia, acidose metabólica, prurido, hiperuricemia, anemia, hemostasia prejudicada, hipermagnesemia, sintomas gastrointestinais e neuromusculares.

No estadio 5 da IRC, com o eGFR entre 5 e 10 ml/min/1,73 m2, o início de um programa de diálise de manutenção ou transplante renal é sugerido com base na avaliação individual, a fim de compatibilizar a decisão na prática clínica com os desejos e anseios dos doentes, os seus valores, as suas origens culturais e os pontos de vista dos doentes sobre a qualidade de vida e os riscos que os mesmos podem querer tomar, a não ser que as condições clínicas indiquem um início mais precoce.

Transplante renal

Como parte da nossa filosofia e compromisso social, a NephroCare tem a responsabilidade de optar sempre pelo melhor cuidado possível e pela melhor modalidade de tratamento para o doente. Portanto, defendemos sempre um programa de transplante, sempre que o estado da doença do doente específico, a escolha do tratamento e as opções dadas pelos sistemas de saúde o permitam.

Todos os doentes com IRC são candidatos ao transplante, exceto na presença de:

  • uma doença infeciosa ativa.
  • uma doença crónica grave, irreversível e extra-renal: demência avançada, doença hepática grave, aterosclerose generalizada.
  • uma neoplasia ativa. Todos os doentes com historial de cancro devem ser avaliados individualmente, sendo necessário em alguns casos estabelecer um intervalo de segurança entre a colocação do enxerto e resolução do tumor.

Gestão do Acesso Vascular

O acesso vascular é frequentemente referido como a «tábua de salvação» do doente. Dada a importância vital deste assunto, a NephroCare desenvolveu várias ferramentas e serviços que visam a gestão e cuidados do acesso vascular. Mais de uma década de experiência nas nossas clínicas NephroCare deu-nos um elevado nível de especialização em cuidados renais. Reinvestimos constantemente esta experiência na rede NephroCare com diretrizes e abordagens de melhores práticas enriquecedoras e guiadas por serviços de coordenação e ferramentas da NephroCare.

FPara mais informações, por favor leia o nosso capítulo sobre a Gestão do Acesso Vascular

Diálise peritoneal (PD)

Os nossos sistemas de diálise peritoneal (PD) são concebidos para promover o bem-estar do doente e são fabricados com os mais altos níveis de segurança e fiabilidade. As tecnologias inovadoras dos nossos sistemas asseguram um elevado nível de segurança e desempenho melhorado.

Hemodiálise (HD)

Apesar das melhorias significativas na qualidade e eficácia da hemodiálise nos últimos anos, a doença cardiovascular (DCV) é a principal causa de morte dos doentes em diálise. Hoje em dia, quase um em cada dois doentes em diálise morrem devido a complicações cardiovasculares. A NephroCare apoia os nefrologistas em todo o mundo na redução dos riscos dos seus doentes no que toca à morbilidade e mortalidade cardiovascular.

Além disso, um dos nossos principais objetivos para os próximos anos é o desenvolvimento e implementação de novas terapias e produtos inovadores que melhorem ainda mais o prognóstico cardiovascular dos doentes em diálise

Para mais informações, leia o nosso capítulo sobre Terapias de  Hemodiálise