A NephroCare utiliza cookies no site para melhorar a experiência do utilizador e fornecer o melhor serviço possível. Ao continuar a navegar no site, irá concordar com a sua utilização. Para mais detalhes, consulte a nossa política de privacidade.

Animais de estimação: benefícios para a sua saúde

Animais de estimação: benefícios para a sua saúde

Os animais de estimação permitem-nos cuidar deles, socializar ou, simplemente, aconchegá-los, depois de um dia de trabalho, apreciamos sempre os momentos de alegria que partilhamos com os nossos animais de estimação. Mas, como demostram estudos efetuados nesta área, existem outros benefícios: estes vão desde, a redução do risco de depressão, diminuição da pressão arterial, à diminuição da ansiedade.

Por que motivo os animais de estimação são uma mais-valia?

Não há dúvida que quando temos um animal de estimação, abraçamos também uma responsabilidade a longo prazo. Alimentá-lo e acolhê-lo, levá-lo ao veterinário, são algumas das tarefas que os donos têm de fazer no seu dia-a-dia. Há muitos animais que precisam de uma dose extra de atenção, quer seja para fazer o seu passeio diário ou para acarinhá-los. Todas as responsabilidades inerentes a esta situação, por exemplo, alimentar, levar à rua, passeá-los e o cuidar deles de forma geral, cria uma determinada estrutura, estabelecendo uma rotina diária. Ter rotinas como estas, poderá levar à redução dos níveis de stress, o que, por sua vez, contribui para a redução da pressão arterial. Mas, não é tudo! O simples ato de passear o seu cão ou estar ativo a brincar com ele, também reduz o stress. Os animais de estimação têm o poder de o acalmar, transmitindo um amor e afeto incondicionais. Se vive sozinho ou se passa uma grande parte do dia sozinho, um cão ou um gato, por exemplo, interagem e mimam, sendo uma companhia permanente. Um animal de estimação pode até anular o sentimento de solidão, muitas pessoas que viveram experiências de isolamento têm essa opinião. Como? Um animal fá-los assumir responsabilidades, dando-lhes um propósito e significado. Com isto em mente, será inevitável que os laços entre o dono e o animal tenham a mesma intensidade que a relação entre os humanos. Estudos demonstram que os donos de animais têm menos probabilidade de sofrerem de depressão, uma explicação para esta realidade é o facto de praticarem exercício físico. Não há desculpa, quando se tem de passear ou brincar no parque. Para além de ser muito bom para a saúde, o exercício promove o bom humor, através da estimulação da produção de hormonas, como a serotonina e a dopamina.

É bom para o seu coração

Estudos realizados demonstram que os donos de animais de estimação tendem a apresentar desempenhos cardiovasculares melhores, graças à baixa pressão arterial, já referida, bem como aos baixos valores de colesterol e triglicerídos. É então seguro afirmar que os animais domésticos, contribuem para a saúde do seu coração e robustez física.

Quebrar as distâncias facilmente

Os animais de estimação ajudam a combater os sentimentos de isolamento ou solidão e desenvolvem a autoconfiança, promovendo a interação social. Quando sai com o seu amigo de quatro patas, este ajuda-o a conhecer pessoas novas, esteja onde estiver. As pessoas na rua podem abordá-lo e, desta maneira tão fácil, está a conversar, agradavelmente, com alguém. Com o tempo, quem sabe, se ao cruzar-se sempre com as mesmas pessoas, não está a dar início a uma amizade. Para os donos dos cães, um sítio infalível para se cruzar com outras pessoas, são os parques. Tal como acontece com os pais, nos parques para crianças, poderá falar com outros donos de animais sobre as raças, nome e a idade dos mesmos, uma vez que, estes sítios são ideais para passear estes amiguinhos. Os clubes para animais e os cursos voltados para esta temática são locais excelentes para conhecer pessoas, enquanto ensina ao seu animal de estimação um truque ou dois novos.

Um companheiro para todas as idades

Para uma criança ou um adolescente, ter uma animal de estimação é uma fator de grande alegria nas suas vidas, dando-lhe assim responsabilidade e o cumprimento das mesmas, desde tenra idade. Quando acompanhados por um adulto, as crianças mais novas podem ajudar a dar a comida aos animais e deixar o espaço, reservado a esta tarefa, devidamente, limpo e arrumado. Podem ainda ajudar a dar banho, a tratar do animal e a acompanhar o adulto nos passeios. Se ter um cão está fora de questão, por causa de limitações de espaço, alergias, ou outras razões, a equitação é uma excelente alternativa. A criança também pode ser envolvida nos cuidados a prestar ao animal, para além de que montar tem muitos benefícios terapêuticos. Visite um centro equestre, perto de si, e veja as possibilidades.

Escolher um animal de estimação

Para muitos o cão ou o gato são a escolha óbvia. Mas, se não é fã de gatos ou cães, por que razão não explora outras opções? Um hamster, um pássaro ou até um peixe: escolha aquele que mais se adapta à sua situação, trazendo-lhe alegria, diariamente. Caso não tenha a certeza, espere e descubra todos os tipos possíveis de animais de estimação, bem como as responsabilidades inerentes. Pesquise na internet ou procure um livro dedicado a este tema. Frequentemente, outros donos de animais são também uma boa aposta, no que toca a dicas, então procure na sua área de residência, ou visite um parque, onde os animais passeiam com os seus donos e, facilmente, troca opiniões. Um animal de estimação pode trazer, de facto, tanta coisa boa para a sua vida, impulsionando a sua saúde e a sua felicidade.